segunda-feira, 14 de maio de 2012

Saúde é brincadeira

Desculpe-me o trocadilho, mas para crianças cada vez mais isoladas por problemas urbanos como a violência e por jogos eletrônicos que convidam ao sedentarismo, brincar torna-se sinônimo de saúde, sim! 
Se antes as crianças ao sair da escola gastavam suas horas livres brincando na rua, em grupos, atualmente, as atividades lúdicas foram transformadas em longas horas do dia em atividades solitárias e sedentárias, como por exemplo, assistir televisão, interagir com o computador ou jogar video game. O que tem contribuindo de maneira significativa não só para desestimular a atividade física, como também para o desencadeamento e manutenção da obesidade. No campo psicológico, os prejuízos ocorrem pela  falta do brincar criativo, descontraído e comunitário, condições essenciais para o desenvolvimento emocional pleno.

Então o Vida Saudável de hoje vai te fazer um convite!
Se você tem filhos, estimule-o a brincar! 




Nós que vivemos em grandes cidades, temos um desafio a mais que é o de encontrar espaços em que crianças possam compartilhar brincadeiras e desenvolver hábitos menos sedentários e mais prazerosos.
Brincar, é o que torna a criança ativa, criativa, e lhe dá oportunidade de relacionar-se com os outros; também a faz feliz e, por isso, mais propensa a ser bondosa, a amar o próximo, a ser solidária. Brincando a criança vence obstáculos, desafia seus limites, despende energia, desenvolve a coordenação motora e o raciocínio lógico, adquirindo mais confiança em si e aprimorando seus conhecimentos.



Você mora em apartamento? Ou sua casa não tem espaço suficiente... leve seus filhos nas áreas disponíveis na sua cidade... aproveite esses momentos para fortalecer o vínculo e unir sua família : )))
Todo mundo vai sair ganhando!


Nenhum comentário:

Postar um comentário